Principal Televisão O fim inevitável é o que tornou 'Star Wars: The Clone Wars' lendário

O fim inevitável é o que tornou 'Star Wars: The Clone Wars' lendário

Saber o destino nunca atrapalhou a jornada em Guerra nas Estrelas a guerra dos Clones .Disney +

Esta postagem não contém spoilers importantes.

Saber o destino e embarcar na viagem são duas experiências muito distintas. No caso de Guerra nas Estrelas a guerra dos Clones , criado por George Lucas e Dave Filoni, um não poderia existir sem o outro.

Originalmente transmitido de 2008 a 2013 antes de ser revivido para uma temporada final na Disney +, As Guerras Clônicas foi criado na sequência da trilogia prequela, muito depois que os filmes originais mudaram o cinema para sempre. Portanto, todos nós já conhecíamos o ponto final. Anakin Skywalker cairia para o Lado Negro para se tornar Darth Vader, a Ordem Jedi seria extinta, Anakin seria o pai de Luke e Leia, que um dia desfaria todas as maquinações sombrias que atormentavam a saga. Nada poderia mudar isso.

Pela própria natureza da narrativa, isso parece tornar a existência da série animada um ponto discutível; mero serviço de fãs para responder a perguntas persistentes do público que nunca chegaram à versão final na tela grande. Mas, pelo contrário, saber o destino final desses personagens realmente encorajou a história, com o show infiltrando-se nas fendas não preenchidas de nosso Guerra das Estrelas conhecimento para tornar sua base ainda mais forte.

VEJA TAMBÉM: O arco final de ‘The Clone Wars’ é o fim de uma era para ‘Star Wars’

De uma visão macro, a maior força de As Guerras Clônicas é como cada estação se baseou na anterior. A 1ª temporada foi definida por uma série de episódios autônomos de destaque que desencadearam um novo e emocionante estilo de animação voltado para a ação cinética. Mas o centro da carreira de novato do programa girava em torno da República e dos Separatistas recrutando mundos e sistemas diferentes para se juntar à sua causa de guerra. A geologia pode levar milhões de anos para causar um impacto no mundo, mas aqui, vimos o alicerce do cisma intergaláctico que alcançaria o futuro de Luke Skywalker começar a se formar. O conflito geralmente começa com palavras antes da ação.

A 2ª temporada expandiu a mitologia dos Sith, adicionando o contexto necessário para o antagonista primário de toda a saga. O que às vezes pode ter sido uma vilania desanimadora na tela grande, de repente começou a tomar a forma de um câncer profundamente enraizado infectando todo o sistema. Ele melhorou retroativamente as prequelas frequentemente difamadas e até mesmo elementos da 1ª temporada.

As temporadas 3 e 4 re-textualizaram completamente o show, mudando seu foco do campo de batalha para o custo mortal do conflito galáctico. Soldados morrem na guerra, mas e os civis pegos no fogo cruzado? E os povos desconectados que nada mais desejam do que permanecer neutros e longe da luta? Como as forças de manutenção da paz e os políticos têm sucesso ou fracassam nas pessoas a quem deveriam servir? Para responder a essas perguntas difíceis que refletem de perto o mundo real, a série adotaria um formato mais serializado, transportando histórias de episódio a episódio em narrativas contínuas que se aprofundaram em importância e relevância. Foi neste trecho - explorando as consequências da guerra, a moralidade turva em ambos os lados e os primeiros passos de Anakin para o Lado Negro - que As Guerras Clônicas elevou-se de um empolgante Guerra das Estrelas add-on para uma série capaz de se manter por conta própria. Ahsoka Tano e Rex em As Guerras Clônicas .Disney +

Enquanto Ahsoka Tano, aprendiz de Anakin, rapidamente se tornou uma das favoritas dos fãs, foi durante as temporadas 5 e 6 que ela se estabeleceu como uma das mais populares Guerra das Estrelas criações em décadas. O desenvolvimento de seu personagem de Padawan imaculado a Jedi testado em batalha a rebelde exilada é, em muitos aspectos, o enredo mais potente de As Guerras Clônicas . Ele captura instantâneos da Ordem Jedi em seu estado mais nobre e provinciano, plantando as sementes de sua queda inevitável no processo enquanto lembra você do que poderia ter acontecido.

Conhecer os traços gerais do destino do conto deu As Guerras Clônicas estrutura definitiva. Em forçar a história a alcançar uma conclusão pré-determinada aproximadamente definido em Vingança dos Sith território, evitou que a história divagasse sem rumo ou definisse o convés como muitas penúltimas temporadas fazem como muleta. Há um foco medido com cada estação fluindo para a próxima para descrever a corrupção de 360 ​​graus da alma e dos sistemas de suporte, assim como The Wire explorou as falhas multifacetadas que impediam o centro da cidade de Baltimore de quebrar o ciclo de violência e dor que a envolvia.

Mais especificamente, saber o destino realmente fortaleceu os detalhes da viagem, assim como Melhor chamar o Saul Espiral descendente de partir o coração . O mais amigável Anakin visto em Guerras Clônicas e os laços mais profundos que ele forma com Obi-Wan, Ashoka, Rex e até mesmo Palpatine tornam sua queda ainda mais dolorosa. Vemos com mais clareza o caminho que ele poderia ter percorrido, o caminho que ele deveria tomada, se apenas alguns elementos de sua jornada tivessem acontecido de forma diferente. Vemos os erros e arrependimentos que marcam a linha do tempo e, em retrospecto, colocam a galáxia em um curso direto para a tragédia. Cada batida torna-se ainda mais impactante precisamente porque já sabemos dos danos duradouros que ela causará. A questão de E se? torna-se inebriante.

Esta temporada final de As Guerras Clônicas na Disney + - amplamente dirigido por Ahoska Tano, que se prepara para sua estréia em live-action na 2ª temporada de O mandaloriano - foi sem dúvida o mais eficaz em martelar o tema central de que só porque tudo está perdido não significa que paramos de lutar. Se você se manteve firme por tempo suficiente, talvez o mundo não possa deixar de mudar ao seu redor. E só porque sabemos para onde a história está indo, não significa que novos detalhes não possam enriquecer a jornada ao longo do caminho. Saber o destino final e experimentá-lo são duas coisas muito diferentes. Isso é uma verdade As Guerras Clônicas sempre entendeu melhor do que a maioria.

Artigos Interessantes