Principal Entretenimento Recapitulação do episódio 1 × 9 de ‘The Son’: The Prophecy

Recapitulação do episódio 1 × 9 de ‘The Son’: The Prophecy

Uma imagem do episódio desta semana de O filho .AMC



Abrimos em 1850 com o jovem Eli deitado imóvel no sopé do penhasco de onde Charges, o Inimigo o empurrou. Eli não está morto, o que faz sentido porque já sabemos que ele se transforma em Pierce Brosnan 60 anos depois, mas ainda assim é bom ter certeza. O jovem Eli consegue fazer algumas muletas com varas e manca até ser confrontado por uma mulher que se apresenta como Maggie Phelps e aponta uma arma na cara dele. Maggie está completamente sozinha, porque aparentemente os outros colonos que estavam cumprindo sua besteira do Destino Manifesto decidiram expulsá-la. Então isso te diz algo. Eli, entendendo muito rapidamente que Maggie não está completamente estável, quer voltar para sua família Comanche, mas Maggie não quer nada disso. Uh oh.

Em 1915, Pete e Maria estão deitados em um cobertor sob uma árvore, sorrindo e rindo, sem nenhuma preocupação no mundo. Nada vai dar errado com esses dois. Pete diz a Maria que machucou muitas pessoas. Maria acha que ele está se referindo a sua esposa Sally, emocionalmente, mas Pete está falando principalmente sobre as pessoas que ele literalmente matou. O velho Eli, tendo sobrevivido a um tiro à queima-roupa no último episódio, mudou de ideia sobre subornar um juiz para tirar Pedro Garcia de suas terras. Ele não quer mais fazer isso. No entanto, seu filho já subornou o juiz. Eli diz a ele para ir buscar o suborno de volta. O suborno foi cancelado! Porém, isso não será fácil.

Em 1850, Maggie está estudando pedras de um chapéu de cano de fogão. Sim. Maggie se oferece para ler o futuro do jovem Eli, com base na profecia divina. Maggie diz a ele que ele será um grande guerreiro e basicamente um figurão.

Em 1915, Pete aparece no rancho McCullough para checar seu pai. Phineas é todo como Ei Pete, qual é o problema entre você e Sally. Você está se divorciando ou o quê. Pete não quer falar sobre isso. Eli só quer ficar bêbado. Eli diz a Pete que vai vender a propriedade, o que é um choque para Pete. Enquanto isso, Pedro avisa Maria que Pete não é um cara legal.

Em 1850, Maggie quer devolver Eli à civilização. Eli não quer isso - ele quer estar de volta com sua família Comanche. Então Maggie nocauteia Eli com clorofórmio. Maggie é uma merda.

O velho Eli sai em um passeio a cavalo sozinho (negando a oferta de companhia de Pete) em seu rancho para refletir sobre as coisas e realizar algum tipo de ritual. Ao pôr do sol, ele percebe um incêndio na cidade.

Maggie leva um jovem cativo Eli para a cidade, onde pretende vendê-lo. Então Eli dá um soco no rosto de Maggie e leva seu cavalo, abandonando-a sozinha no meio do nada. Então Maggie diz a Eli que coisas terríveis vão acontecer com seus filhos. Ela então o amaldiçoa e o amaldiçoa enquanto ele sai cavalgando. Caramba!

O velho Eli confronta Phineas sobre incendiar o salão (e incriminar Pedro para que ele seja morto), o que ele confessa. Phin diz que fez isso porque sabia, no fundo, que era o que seu pai queria. Enquanto isso, Pete juntou as peças e não está feliz. Depois de um confronto tenso em que Eli talvez vá atirar em Pete (mas obviamente não vai) Pete parte para, presumivelmente, avisar os Garcias sobre o que aconteceu. Depende de Eli e Phineas descobrir o que fazer a seguir, e parece que a profecia de Maggie está se tornando realidade, afinal.



Artigos Interessantes