Principal Inovação O que a NASA pode fazer com os sons assustadores que vêm de Júpiter?

O que a NASA pode fazer com os sons assustadores que vêm de Júpiter?

Esses dados podem revelar muito.Wikipedia



Os ruídos vindos de Júpiter parecem saídos de um filme de Halloween.

Quando a espaçonave Juno da NASA fez sua primeira órbita completa ao redor de Júpiter em 27 de agosto, um instrumento a bordo chamado Waves registrou as auroras do gigante gasoso. As emissões do show de luz - que é semelhante às luzes do norte e do sul na Terra, mas em uma escala muito maior - foram descobertas na década de 1950, mas nunca puderam ser analisadas de perto até agora.

Os engenheiros da NASA mudaram recentemente 13 horas de emissões de rádio das auroras intensas de Júpiter para a faixa de frequência de áudio para que possam ser ouvidas pelo ouvido humano. Eles caem entre sete e 140 quilohertz.

LEIA TAMBÉM: Estas são as três empresas que estão se aproximando de levar você para o espaço

Neste vídeo postado pela NASA, as auroras são exibidas de forma audível e visual em um formato semelhante a uma impressão de voz, o que significa que a intensidade das ondas sonoras é representada em função da frequência no tempo. Quanto mais quente a cor, mais intensas são as ondas.